Como planejar um teste de usabilidade com usuários

Usabilidade é uma parte do processo de desenvolvimento de um software e quando é aplicada garante melhorias, eleva o nível de qualidade do sistema e assegura a satisfação do usuário.

Uma das técnicas de usabilidade é o teste de usabilidade com usuário, esta técnica simula as condições de utilização do sistema da perspectiva do usuário final e compreende melhor a interação do usuário com o produto.

Usabilidade

A seguir serão apresentados os artefatos para se planejar um teste de usabilidade com usuários.

As pessoas envolvidas:

Pessoas

  • Elaborador – especialista que elabora as tarefas a serem executadas no teste com base na necessidade de conhecer as informações a respeito do sistema, determina qual o perfil dos usuários, quais serão os instrumentos necessários e quais os aspectos que ele pretende abordar.

  • Observador – pessoa que aplica o teste. Esta pessoa deve conduzir os trabalhos motivando a participação do usuário, deixando-o bem à vontade e acompanhando-o durante o teste.

  • Usuário – usuário voluntário que se encaixa no perfil previsto pelo elaborador e realiza a simulação proposta no teste.

Equipamentos utilizados para o teste:

Para a realização do teste, será necessária uma sala equipada com um computador portátil ou de mesa, para que o usuário simule o uso do sistema e observador possa acompanhar as dificuldades experimentadas pelo usuário.

O equipamento deverá ser equipado com um microfone para captura das manifestações verbais e software para gravação de tela, a fim de que toda operação realizada pelo usuário possa ser salva para que posteriormente o observador possa analisá-las.

• Sugestão de software para gravação de tela: Morae da TechSmith

Sala

Aplicação do teste:

Questionário pré-teste – Aplicação de um questionário para conhecer os usuários escolhidos para o teste.

Tarefas para o usuário – Documento fornecido ao usuário no qual estão descritas as tarefas que ele irá executar no sistema a ser testado.

Número de usuários – No mínimo cinco usuários.

Autorização de filmagem – O usuário deverá assinar um formulário de consentimento autorizando a captura de sua imagem e voz para efeito de estudos de interfaces.

Documento de acompanhamento – documento usado pelo observador para anotar, durante a realização do teste, as dificuldades encontradas pelos usuários e o tempo gasto pelo usuário em cada interação. Os vídeos podem ser utilizados para posterior análise.

Questionário de satisfação (pós-teste) - registrar a satisfação subjetiva do usuário em relação ao uso do sistema em teste e seu interesse em voltar a usá-lo.

Relatório de resultados do teste:

Após a finalização dos testes e de posse de todos os dados colhidos, os resultados devem ser tabulados, de forma a compor as informações que farão parte do relatório final.

Relatorio1

Relatório final:

Após as análises e conclusões do relatório de resultados do teste, o relatório final é criado contendo os erros encontrados e as sugestões de melhorias.

O relatório final é apresentando para a equipe técnica, onde a mesma deverá aprovar ou não os casos encontrados e sugerir alternativas de implementação, considerando os custos e os benefícios.

Relatório2

Conclusão:

Esta técnica proporciona a identificação de problemas de implementação, alguns tão graves que podem impossibilitar os usuários de atingirem seus objetivos, causando dúvidas, desmotivação, dificuldades e induzindo-o a cometer erros.

Um teste bem planejado possibilita obter melhores resultados e contribui efetivamente para a melhoria do produto, garantindo assim um bom nível de qualidade.

O que estamos esperando para aplicar esta técnica em nossos sistemas e melhorar a usabilidade deles?!?!

Espero que gostem... e até a próxima.

Qualquer dúvida, crítica ou sugestão só deixar um comentário.